A atividade física é fundamental para o desenvolvimento saudável de seu melhor amigo. Estimule seu cão a exercitar-se desde cedo. Mas conheça antes alguns cuidados básicos que devem ser tomados para que os exercícios não causem danos ao filhote. 
 
Dos dois aos quatro meses a atividade física do filhote deve se restringir às brincadeiras dentro de casa, pois ele ainda estará seguindo o programa de vacinas. Lembre-se de que, sem a imunidade adequada, seu cão não deve ser levado a praças, parques e jardins nem ter contato com outros cães que não estejam vacinados. Já nesta fase o filhote precisa ser estimulado através de jogos e brincadeiras para que ele se acostume com o ritmo de exercícios.
 
Tenha cuidado com pisos muito lisos. Eles podem prejudicar o aprumo e a postura do seu filhote. Evite que seu cão tenha acesso a lugares altos, como terraços, e mesmo de pouca altura, como bancos e muros, pois uma queda poderá causar fraturas.
 
Acostume seu filhote a usar guia e coleira. Comece com uma fita ao redor do pescoço para que ele não estranhe muito. Quando seu filhote terminar o esquema de vacinação, é hora de apresentá-lo à palavra mágica: rua!
 
Os Australians em especial são muito ativos e carentes de exercícios para gastar toda sua energia, depois de devidamente vacinados e vermifugados é possível desfrutar de todo companheirismo que esta raça oferece para diversas atividades e passeios, companheiros incansáveis, topam qualquer coisa, desde uma volta no quarteirão como uma trilha pesada debaixo de chuva, com grande disposição para corridas acompanham muito bem atividades de ciclismo. Além é claro dos exercícios básicos como busca de bolinha ou disco, natação e é claro o trabalho com animais.